Conheça os principais tipos de papel e seus usos

Conheça os principais tipos de papel e seus usos

O papel é um material constante no nosso dia a dia. Mas você sabia que ele pode influenciar a qualidade das suas impressões? A qualidade da impressão está diretamente ligada a qualidade do papel escolhido para realizar a impressão. Por isso, conheça os principais tipos de papel e seus usos.

Conheça os principais tipos de papel e seus usos

Fonte: PostcardsRUs.

Atualmente, existe uma infinidade de papéis disponíveis no mercado, que são classificados de acordo com peso, textura e cor. É importante conhecer as principais características do papel que você está pensando em usar para suas impressões para ter certeza de que ele é a escolha certa.

O tipo de papel mais conhecido e usado é o offset. Além de ser um dos mais baratos, ele é bem poroso, o que lhe permite absorver e fixar melhor a tinta. Sua gramatura varia entre 50 a 300 gramas. Tanto em casa quanto no escritório, é comum usarmos papel offset para todo tipo de impressão, principalmente de textos.

Receituário médicos, trabalhos escolares, relatórios de escritório, documentos oficiais, papéis timbrados, miolo de livros e praticamente todo tipo de impressão em geral é realizada em offset, pois ele oferece um bom custo-benefício.

Tipos de papel

Fonte: The Paper Mill.

O papel reciclado também é popular e está em alta, principalmente porque a consciência ambiental e a sustentabilidade estão em evidência. Ele é produzido através de uma mistura de papel novo e usado, o que gera um suporte bastante poroso e parecido com o offset, porém com uma coloração amarelada bastante específica.

Existem três gramaturas de papel reciclado (90, 120 e 250 gramas), que variam de acordo com o fabricante. Eles são muito utilizados em impressões de todos os tipos, principalmente de textos, como o papel offset. Há também quem prefira utilizá-lo na impressão de cartões de visita e documentos empresariais para mostrar um lado mais ecofriendly do próprio negócio.

Outro papel bem popular é o couchê. Seu nome vem do francês e significa “camada”. O papel couchê é bem resistente devido a sua textura lisa, resultante de uma camada de vedante aplicada em ambas as faces, deixando-o impermeável e fino. Isso também ajuda a garantir uma ótima qualidade de impressão.

Papel para impressoras

Fonte: Inlayngay.

O papel couchê é produzido numa grande variedade de gramaturas, mas os mais comuns vão de 63 a 350 gramas. Ele é muito usado na impressão de cartões de visita, folders, flyers, cartazes e panfletos de forma geral, principalmente devido a seu valor, brilho e durabilidade.

O papel couchê é, muitas vezes, confundido com o papel fotográfico. Porém, este papel é produzido especificamente para a impressão de fotografias. Essa confusão ocorre muitas vezes, pois o papel fotográfico é uma espécie de couchê com revestimento de polietileno. Ele é muito resistente e pode apresentar acabamento brilhante ou fosco.

É claro que podemos usar o papel fotográfico para realizar uma infinidade de tipo de impressões, inclusive folders, flyers, cartões de visita e etc. Porém, ele foi criado para a impressão de fotos, que ficam com uma qualidade incrível quando impressas neste tipo de papel.

Papéis

Fonte: Nanjing Fei Yue Paper.

Há também o papel adesivo, que conta com um lado preparado para receber impressões, enquanto o outro possui uma cola especial, protegida por outro papel. Esse tipo de papel pode ser usado na produção de etiquetas, fechamento de envelopes, impressões de adesivos promocionais, dentre outros.

Na época de volta as aulas, ele é bastante procurado por pais que desejam criar etiquetas para colar no material dos filhos. Mas é importante estar atento, pois existem papéis adesivos com e sem cortes. Ou seja, há aqueles papéis em que o tamanho da etiqueta é pré-determinado e folhas inteiras sem corte, o que pode levar a uma necessidade de cortá-lo a mão caso a pessoa compre errado.

Os papéis transfer e sublimático possuem aplicações especificas. Enquanto o papel transfer posiciona a imagem na superfície da peça, o sublimático faz com que a tinta evapore e grude no suporte. Essa transferência geralmente é feita por calor e necessita de equipamentos específicos para estas finalidades.

Tipos de papel

Fonte: Shin Global Papers.

Canecas, tecidos, azulejos, squeezes, canetas e vários tipos de materiais promocionais são feitos através desta técnica, que geralmente garante uma boa qualidade de impressão e longa durabilidade do produto.

Esses são apenas alguns dos principais tipos de papel e seus usos. Com essas dicas, fica bem mais fácil acertar na escolha e obter sempre as melhores impressões!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *